viernes, 28 de septiembre de 2012

'Construção do ano'

Entre 3 e 5 de outubro, Cingapura sediará o World Architecture Festival Awards, com mais de 300 projetos arquitetônicos disputando 33 categorias.
Em seu quinto ano, o festival é a maior competição global de arquitetura do mundo.
Desde a primeira edição do festival, realizada em 2008 na Universidade Bocconi, em Milão, na Itália, mais de 8.000 arquitetos de 65 países já participaram do evento.
As obras vencedoras em cada categoria disputarão o título de 'Construção do ano'.
Veja, na galeria de fotos, imagens de algumas dessas obras construídas ao redor do mundo.
 
 
Mais de 300 projetos em 33 categorias foram selecionados para a final do World Architecture Festival Awards e serão julgados em uma competição ao vivo, ao longo de um festival de três dias. O vencedor de cada categoria competirá pelo prêmio maior, de "Construção do Ano". Um desses finalistas é este conjunto residencial em Cingapura, de 93 mil metros quadrados. 
 
 
Aqui, a galeria Vanke Triple V, situada em Tianjin, na China.


Este edifício na Espanha, desenhado pelo escritório de arquitetura MiAS, é um centro de pesquisas para o desenvolvimento de sistemas de iluminação.


Esta "casa-nuvem" de McBride Charles Ryan, é um anexo a uma casa de estilo eduardiano em Fitzroy North, Melbourne, Austrália.


O Museu de História e Inovação Médica Paul S Russell fica em um local de destaque na entrada no campus central do Hospital Geral de Massachusetts (EUA).


O Teatro Soweto, do escritório Afritects, fica no coração de uma área culturalmente rica de Jabulani, na África do Sul. O projeto tem como objetivo dar ao país um espaço versátil para apresentações de arte.


A concha Soundforms shell, do escritório BFLS, de Londres, foi criado para melhorar a projeção sonora de apresentações clássicas e de orquestras.


Este retiro é feito de estruturas "soltas" que rodeiam um pátio em Matiatia Bay, Nova Zelândia.


O Centro Cultural da Cidade de Yurihonjo, no Japão, cumpre as funções de teatro, biblioteca e centro comunitário.


O Busan Cinema Center, desenhado por Coop Himmelblau (o primeiro projeto do arquiteto na Coreia do Sul), combina áreas públicas e privadas em um único local.


O museu de arte Sven-Harry em Estocolmo, Suécia, abriga atividades comerciais no piso térreo, uma coleção de arte na sua cobertura e um hall no coração do edifício.


Em 2008, arquitetos do Ryra Studio desenharam este resort de esqui perto de Teerã, no Irã. A obra também concorre no World Architecture Festival, que acontecerá entre 3 e 5 de outubro em Cingapura.

Fonte: BBC Brasil

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...